A Dedoles Planta uma Floresta 2020


As florestas são extremamente importantes no abrandamento das alterações climáticas, causadas pela elevada concentração de CO2 na atmosfera. Uma árvore adulta consegue "retirar" até 22 kg de CO2 da atmosfera no espaço de um ano.


Por isso a Dedoles apoia a proteção e plantação de florestas.  

Está a ajudar-nos e nós agradecemos-lhe por isso!


Este ano apoiámos:

O projeto de plantação de 28 mil espécies nativas de árvores na área de floresta das planícies de inundação ao longo do rio Danúbio em cooperação com a associação cívica BROZ e a Pisztráng Kör.



A FLORESTA DAS PLANÍCIES DE INUNDAÇÃO E O SEU PAPEL NA ABSORÇÃO DE CO2

As florestas das planícies de inundação, adjacentes a riachos ou rios, possuem uma melhor eficiência e uma maior capacidade para absorver e armazenar CO2 graças à dinâmica do rio. A flora e o solo das florestas das planícies de inundação têm o dobro das reservas de carbono das florestas situadas a maior altitude. Graças às inundações recorrentes, o solo das florestas das planícies de inundação é constantemente renovado, o que basicamente transforma estas florestas em aspiradores de CO2 – um hectare de floresta das planícies de inundação retém até 354 toneladas de CO2.


ÁREA DE PROJETO: DELTA INTERIOR DO DANÚBIO

As florestas das planícies de inundação do Danúbio são um dos mais ricos ecossistemas, com uma enorme biodiversidade. No passado, o Delta Interior do Danúbio era uma das áreas mais vastas e mais diversas da Europa Central. Grandes parte desta área foi afetada de forma negativa por intervenções reguladoras, pela construção de estações de tratamento de águas e por uma gestão insuficiente da floresta. Isto conduziu também a um forte declínio da população de espécies de aves nativas desta área, assim como a um declínio dos números de diversas espécies de peixe e de anfíbios.



PLANTAÇÃO DE ESPÉCIES DE ÁRVORES NATIVAS NAS FLORESTAS DAS PLANÍCIES DO DANÚBIO

A plantação de espécies de árvores nativas nas áreas das planícies de inundação é de extrema importância, especialmente porque as florestas das planícies de inundação em redor do Danúbio têm sido constantemente alteradas devido à exploração florestal. Durante estas intervenções de exploração florestal, foram plantados sobretudo clones de choupo, uma espécie não nativa e de rápido crescimento.

As espécies nativas de choupo possuem uma muito maior capacidade de se regenerar naturalmente e vivem mais tempo, criando um habitat apropriado para aves (de nidificação em cavidades), permitindo-lhes criar cavidades nas mesmas. As espécies de árvores características deste tipo de floresta é sobretudo o choupo e o salgueiro, mas é também plantado o carvalho, a macieira-brava e o pereiro.



As medidas relativas ao coronavírus não nos permitiram participar ativamente na plantação de árvores no outono passado. Esperamos poder participar na primavera quando os nossos colegas puderem novamente ajudar na plantação de árvores. 😊


Pode encontrar mais informação aqui.