Desafio das Meias

Os pares de meias diferentes são um símbolo do Dia Mundial da Síndrome de Down, porque as pessoas com Síndrome de Down possuem um cromossoma a mais: o cromossoma 21 na forma de uma meia. O Desafio das Meias tem lugar todos os anos a 21 de março e está associado ao Dia Mundial da Síndrome de Down. Neste dia, as pessoas usam duas meias diferentes para comemorar a individualidade do ser humano. O objetivo do desafio é aumentar a consciencialização para as pessoas com síndrome de Down. A sua aceitação pela sociedade, a hipótese de receberem uma educação normal, ou a oportunidade de trabalhar ainda não são prática corrente. É através da partilha de informação e de um exemplo positivo a partir da experiência pessoal que cada um de nós pode lutar contra o preconceito e ajudar os outros a serem membros iguais da sociedade, realizando os seus sonhos: viverem vidas completas. A Dedoles organiza o Desafio das Meias desde 2018.

Como pode participar?

Apenas tem de calçar duas meias diferentes no dia 21 de março, tirar uma fotografia e partilhá-la nas redes sociais com o hashtag #SockChallenge. Desta forma, juntos podemos aumentar a consciencialização e informar o público em geral sobre esta condição. A Dedoles apoia financeiramente várias organizações dedicadas a ajudar as pessoas com SD e as suas famílias.

O que aconteceria se as pessoas com síndrome de Down governassem o mundo?

- Afeto, abraços e atenção ao próximo estariam na ordem do dia.

- Iríamos juntar-nos para desfrutar das pequenas coisas e amar a vida incondicionalmente.

- As pessoas seriam sinceras.

- Tudo estaria limpo e organizado.

- Os comboios e Os aviões chegariam a horas, Os horários de trabalho seriam para trabalhar, e As férias seriam para descansar.

- As pessoas que falam sozinhas seriam vistas como meditativas e criativas.